Como abrir uma startup sem fronteiras

Abrir uma startup é possível, mas exige muitas ações burocráticas. Foto: https://wealth.my/14-reasons-why-you-need-to-start-a-startup/

As startups estão em alta

O mercado das startups está aquecido, com cada vez mais investimentos e lançamentos de novos produtos. Neste cenário, surge para muitos o desejo de colocar sua idéia em prática e surfar esta onda. Porém, na prática, os passos necessários vão depender de diversos fatores, muitos que são limitantes para que a idéia realmente chegue ao usuário final.

A startup nem sempre difere muito de uma empresa comum, pois precisa passar por todas as legislações do país onde é aberta, e no Brasil isto não é diferente. Para começar um empreendimento sem muita burocracia, temos a opção de abrir um MEI, que oferece ao microempreendedor individual a oportunidade de começar qualquer negócio; assim, ele pode se lançar no mercado e atrair investimentos.

Tendo sucesso, ele pode de forma escalável expandir seu negócio. Infelizmente, ele sempre vai se deparar com as burocracias e complicações do governo Brasileiro no que diz respeito aos impostos, contratação de funcionários e gerência dos processos de contabilidade. Outro problema que logo surgirá é se a empresa trabalha com pagamento, pois ela enfrentará barreiras para oferecer seu serviço para o mundo todo.

Como ter uma startup sem fronteiras e regulamentações entre países?

Apesar da globalização, a facilitação de negócio entre empresas de diversos países não elimina o fato de ter uma empresa vinculada a um governo local. O Brasil ainda é um país imaturo neste quesito, com pouco investimento de fato do governo e pouco estímulo às startups. Abrir uma empresa em um ambiente onde serviços são compartilhados, e em países que têm leis facilitadoras para startups, favorecem o seu crescimento.

Existem startups que criam serviços para outras startups, e elas se ajudam em um único ecossistema de serviços interdependentes. Há empresas para ajudar na contabilidade, gerenciamento e processos. Desta forma, em um negócio ainda imaturo, você não precisa realizar um grande investimento inicial em estrutura. Eu falo disto em gerenciando empresas com softwares online.

Existem startups que não apenas prestam serviços às suas semelhantes, mas que também têm como principal atividade ajudar na criação de outras statups

Stripe Atlas

Stripe, uma das maiores empresas de pagamento online, criou uma solução, ainda em beta, que vem para quebrar o paradigma da criação das startups. Ela encontrou para você um lugar no Vale do Silício onde as leis favorecem a manutenção de uma startup: Delaware, EUA. Em pouco tempo, você consegue abrir uma empresa com registro nos Estados Unidos!

Como abrir uma startup assim, contratando uma outra startup?

Stripe te guia nos passos necessários para abertura da empresa nos EUA, e no Atlas Fórum os membros podem ter assessoria de como tocar o negócio.

A criação de uma conta no Atlas passa pelos seguintes passos:

  1. Abertura de uma empresa em Delaware;
  2. Obtenção de um número de identificação de empresa (semelhante ao CNPJ);
  3. Criação de uma conta Stripe;
  4. Ganho de bônus pra serviços de infraestrutura da Amazon Web Services;
  5. Criação de uma conta no banco Silicon Valley Bank;
  6. Assessoria em um sistema onde é possível verificar pendências e utilizar serviços.

Eu resolvi pegar esta onda e criei o Work’n Enjoy

Work’n Enjoy é uma experiência real pela qual estou passando de abrir uma startup no Vale do Silício para oferecer um serviço remoto.

Um dos produtos ainda está em desenvolvimento e, com a abertura dela usando o Stripe, foi possível criar uma conta no banco no exterior, por meio da qual eu posso fazer transações no mundo todo. Como o produto que estou criando necessita de uma flexibilidade no pagamento e terá seu foco totalmente no trabalho remoto, o Atlas foi a melhor opção que encontrei. Depois de buscar possibilidades exaustivamente, este novo serviço do Stripe foi uma descoberta em que é possível romper com as barreiras e abrir oportunidade para novos tipos de negócios.

Esta tentativa é para mostrar também o processo de abertura, e como é enfrentar este desafio de colocar uma idéia no ar sem ter que se tornar escravo das limitações tributárias e burocráticas, e que isto seja simplificado e acessível.

Pretendo compartilhar a experiência adquirida com todos os desafios enfrentados, a fim de mostrar como você pode abrir seu negócio puramente digital e sem estar preso às fronteiras e barreiras entre países, de forma a oferecer seus serviços ao mundo inteiro.

Como abrir uma startup sem fronteiras - s - Webpoint - Alexandre Magno

Mas você não vai precisar ir para Delaware?

Não. Abrir uma startup desta forma torna desnecessário ir aos EUA para gerenciá-la. O endereço da empresa e sua localização na terra do Tio Sam ficam totalmente por conta do Stripe Atlas, e você pode contratar assessoria para realização de declaração de impostos para o governo, que podem variar de estado para estado. No entanto, o trabalho que isso requer não exige sua presença física e nem custos absurdamente altos e processos complicados, como normalmente ocorre em outros países.

Desta forma, você pode focar na construção do seu produto para busca de investimento (tema para outro tópico). Neste caso, seria importante ir onde sua empresa foi aberta para realizar networking e buscar investidores. Enfrentarei este passo assim que o produto estiver no mercado e, claro, com as pessoas utlizando (tema para outro tópico também). 🙂

Um estudo do MIT mostra que as empresas bilionárias têm em comum o atributo de serem abertas em lugares onde estas barreiras burocráticas são minimizadas, como  por exemeplo Delaware ou Flórida, nos EUA. Copenhague atualmente também se tornou uma Fintech e com leis facilitadas para quem gostaria de investir em startups e prestar serviços por lá. Falarei mais disto em um outro momento.

Se você pretende encarar este desafio, o Stripe Atlas está em beta e você pode enviar sua idéia e receber um convite. Avalie seu negócio antes de tomar qualquer ação, e veja as vantagens e desvantagens de abrir uma empresa no exterior. Caso decida por seguir este caminho, esta é uma ferramenta ótima de seguir em frente.

Boa sorte com seu novo negócio digital!

Neste post, você conferiu a experiência de abrir uma startup com o Stripe Atlas. Leia também:

 Startups que vieram para romper com as barreiras financeiras
Gerenciando uma startup com ferramentas digitais
 As melhores ferramentas para gerenciar sua startup e romper com as barreiras financeiras

Siga-me também nas redes sociais:

instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *